A história do 350th FG, unidade à qual o nosso 1º Grupo de Aviação de Caça ficaria subordinado durante a Campanha da Itália, começa com um grupo de 119 homens partindo de Harding Field, Baton Rouge, na Louisiana, como um escalão avançado em direção à Inglaterra, em 20 de setembro de 1942. Eles foram os primeiros homens do pessoal de terra que estavam sendo formados pelo Maj. Robert L.Fischer.

Em 1º de outubro o 350th Fighter Group foi ativado em Duxford, na Inglaterra, composto pelos esquadrões 345, 346 e 347, e começou a receber pilotos provindos de outros esquadrões, assim como homens vindos dos EUA. Seus líderes iniciais foram:

  • Maj. Richard P. Klocko - Oficial Comandante
  • Capitão Ariel Nielsen - Oficial de Operações
  • Capitão Kelly W. Mitchim - Líder do 345th Fighter Squadron
  • Capitão Robert C. Johnson - Líder do 346th Fighter Squadron
  • Capitão James G. Thorsen - Líder do 347th Fighter Squadron.

Seus primeiros aviadores já haviam participado dos combates em outros esquadrões americanos, ou mesmo com a Royal Air Force ou com a Royal Canadian Air Force.

Quando o trabalho do Maj. Fischer e seu staff foi completado, no início de janeiro de 1943, cerca de 800 homens haviam sido treinados e estavam prontos para a ação. Assim quando escalão aéreo deslocou-se da Inglaterra para o norte da África, em grupos, entre janeiro e fevereiro de 1943. A totalidade de homens do escalão terrestre chegou à África aproximadamente na mesma época. O deslocamento da Inglaterra para o Marrocos Francês dos P-39 com os quais o 350th FG havia sido equipado, foi feito num vôo de sete horas, sobrevoando áreas domindas pelo inimigo. Foi um vôo marcante na história do 350th, por ter coberto uma distância muito além da que era estimada como sendo o alcançe máximo do Bell P-39 Airacobra. Dos 62 pilotos que partiram da Inglaterra, 49 chegaram em segurança, 10 foram forçados a pousar em Portugal, um na Espanha e dois desapareceram. Na África, todos os membros do 350th foram reunidos e começaram a operar como uma unidade pela primeira vez.

O Grupo fez parte da 12th Air Force de janeiro de 1943 até o final da guerra, voando missões de patrulha e interceptação, protegendo comboios, escoltando outras aeronaves, fazendo missões de reconhecimento e de interdição e ainda provendo apoio aéreo cerrado para as forças terrestres aliadas. Utilizaram aeronaves P-39, P-400 e alguns P-38 antes de finalmente passarem para o P-47 Thunderbolt em agosto/setembro de 1944.

O 350th FG operou contra alvos na Tunísia, defenderam a costa da Argélia durante o verão e outono de 1943. Posteriormente, operaram primariamente no papel de apoio às Forças Aéreas Aliadas na Itália até o final da guerra, bombardeando e metralhando instalações ferroviárias, cais, estações de radar, redes elétricas, pontes, transportes motorizados e instalações militares.

Receberam uma Distinguished Unit Cross, por suas ações na Itália, em 6 de abril de 1944 quando, a despeito da intensa artilharia anti-aérea e caças inimigos, o grupo voou dez missões bombadeando tropas, pontes, veículos, quartéis e postos de alerta. Também deram cobertura ao desembarque aliado em Elba, em junho de 1944 e apoiaram a invasão do sul da França. Em outubro de 1944 houve a integração do 1º GAvCa ao 350th FG, em Tarquínia. de onde o 350th iria para Pisa em 02/12/45 e que seria sua base até o final da guerra.

O 1st Lt. Raymond L. Knight, do 346th Fighter Squadron, foi o último piloto americano a receber a Medal of Honor por suas missões nos dias 24 e 25 de abril de 45. Voluntário para liderar os ataques, enfrentou forte anti-aérea para atacar aeródromos da Luftwaffe no norte da Itália, sendo responsável pela destruição de mais de 20 aviões alemães. Atingido, ao invés de saltar sobre linhas amigas tentou levar seu P-47 danificado de volta à base, morrendo quando o P-47-D- 28 nº 42-26785 chocou-se contra os Apeninos.

Finda a guerra, o 350th FG voltou para os estados unidos entre julho e agosto de 1945, sendo desativado em 7 de novembro de 1945.

Redesignado como 112th Fighter Group, foi alocado à Air National Guard da Philadelphia em 24 de maio de 1946. Redesignado 112th Fighter-Interceptor Group em outubro de 1952 e 112th Fighter-Bomber Group em dezembro de 1952.

Esquadrões do 350th Fighter Group
Esquadrão Nome Período
345th Fighter Squadron Devil Hawks 1942 - 1945
346th Fighter Squadron Checkerboards 1942 - 1945
347th Fighter Squadron Screaming Red Asses 1942 - 1945
1º Grupo de Aviação de Caça Senta a Pua 1944 - 1945
Comandantes do 350th Fighter Group
Nome Período
Lt. Col. Richard Phillip Klocko 01/10/42 a 24/02/43
Lt. Col. Marvin L. McNickle 01/03/43 a 06/09/43
Lt. Col. Ariel W. Nielsen 07/09/43 em diante
Comandantes do 345th Fighter Squadron
Nome Período
Maj. Kelly W. Mitchim 01/10/42 a 04/06/43
Lt. Col. Ariel W. Nielsen 04/06/43 a 07/09/43
Maj. Charles F. Hoover 07/09/43 a 27/12/43
Maj. Edward J. Gabor 27/12/45 a 01/05/45
Maj. Lee C. Wells 01/05/45 em diante
Comandante do 346th Fighter Squadron
Nome Período
Maj. John C. Robertson 01/10/42 a 26/09/43
Maj. Robert L. English 26/09/43 a 27/12/43
Cap. John A. Urban 27/12/43 a 03/03/44
Cap. Charnley K. Atwater 03/03/44 a 19/03/44
Cap. John A. Urban 20/03/44 a 09/04/44
Maj. Ralph E. Keyes 09/04/44 a 10/08/44
Lt. Col. Andrew R. Schindler 10/08/44 a 23/03/45
Maj. Charles E. Gilbert II 27/03/45 em diante
Comandantes do 347th Fighter Squadron
Nome Período
Maj. James G. Thorsen 01/10/42 a 12/12/43
Maj. Francis L. Grable 12/12/43 a 27/05/44
Maj. Robert W. Raup 27/05/44 a 26/07/44
Maj. Wilbur J. Hart 27/08/44 a 26/09/44
Maj. Hugh H. Dow 26/09/44 a 22/01/45
Maj. Alvin H. Ballard 22/01/45 a 18/05/45
Maj. Hugh H. Dow 18/05/45 em diante
Campanhas do 350th FG
Teatro de Operações da EAME (Europe/Africa/Middle East)
Tunisia
Sicília
Nápoles - Foggia
Roma - Arno
Sul da França
Norte dos Apeninos
Vale do Pó

 

Jambock.com.br - Versão 4 - Março de 2015
© Copyright 2000 - 2017 Vicente Vazquez