Os números abaixo, quando contrapostos ao número de pilotos disponíveis no decorrer do período da participação do 1° GAvCa na guerra e à falta de recompletamento dos pilotos abatidos em combate ou afastados por motivo de saúde, atestam que o número de missões cumpridas foi muito acima da média dos padrões operacionais do Corpo Aéreo do Exército dos Estados Unidos (USAAF).

Merece destaque um trecho do relatório do Oficial Comandante do 350th FG, relativo à ação do 1° GAvCa durante o último mês de guerra:

"Durante o período de 06 a 29 de abril de 1945, o Grupo de Caça Brasileiro voou 5% das saídas executadas pelo XXII Comando Aéreo Tático e, no entanto, foram oficialmente atribuídos aos brasileiros 15% dos veículos destruídos, 28% das pontes destruídas, 36% dos depósitos de combustível danificados e 85% dos depósitos de munição danificados."

Número de missões ofensivas executadas: 444
Número de missões defensivas executadas: 1
Total de saídas ofensivas: 2.546
Total de saídas defensivas: 4
Horas de vôo em missões de guerra: 5.465
Horas de vôo realizadas 6.144
Total de bombas lançadas: 4.442
Bombas incendiárias: 166
Bombas de fragmentação 260 lb: 16
Bombas de fragmentação 90 lb: 72
Bombas de demolição 1000 lb Mk44: 8
Bombas de demolição 500 lb Mk43: 4.180
Total aprox. de tonelagem de bombas: 1.010
Total de cartuchos de munição calibre .50 consumidos: 1.180.200
Total de foguetes M8A2 lançados: 850
Total de litros de gasolina consumidos: 4.058.651

 

Jambock.com.br - Versão 4 - Março de 2015
© Copyright 2000 - 2017 Vicente Vazquez