"Sentar a Pua: lançar-se contra o inimigo com decisão, golpe de vista e vontade de aniquilá-lo. Quem vai sentar a pua não tergiversa. Arremete de ferro em brasa e verruma o bruto ".

Austragésilo de Athayde

Segundo o "Dicionário Aurélio", alguns dos significados da palavra 'pua' são:

[De or. incerta.]
S. f.
1. Ponta aguda; bico, aguilhão, pico, espinho.
2. Haste da espora, na ponta da qual está a roseta.
3. Bico de verruma.
4. Bras. (RS) Espora de aço que se põe nos galos para a rinha.

A expressão "Sentar a Pua" surgiu significando "espetar ou cutucar com uma haste ou espora", como, por exemplo, num animal de montaria, para que este ande mais rápido.

A gíria "Senta a Pua" surgiu no nordeste e era utilizada pelo 1° Ten. Av. Firmino Ayres de Araújo, da Base Aérea de Salvador, no sentido de apressar alguém, como sinônimo de "depressa", "em frente", "vamos embora". Vindo dessa mesma base, o Ten. Av. Rui Barbosa Moreira Lima introduziu a expressão no cotidiano do grupo, o que tornou comuns expressões como "Hoje à noite vou sentar a pua no clube" ou "Senta a pua, número quatro! Você está atrasado!".

Com isso, a expressão foi ganhando força e, simbolizado pelo avestruz criado pelo Cap. Av. Fortunato Câmara de Oliveira, chegou à Itália como sinônimo de fazer algo com decisão. Ouvia-se pelo rádio: "Jambock Verde, Jambock Verde Cinco. Estou vendo uma locomotiva". "Senta a Pua", respondia o líder, e em instantes o alvo era reduzido a destroços pelos Republic P-47D Thunderbolt do 1° GAvCa.

E assim, da mesma maneira que o "Tallyho" dos americanos ou o "À La Chasse" dos franceses, o "Senta a Pua" tornou-se o grito de guerra dos aviadores do 1° GAvCa.

Nos dias atuais, quando um piloto de caça, seja num evento ou numa reunião, grita "Senta a Pua" os demais presentes respondem, em alto brado, "Brasil".

Jambock.com.br - Versão 4 - Março de 2015
© Copyright 2000 - 2017 Vicente Vazquez